http://www.makepovertyhistory.org

domingo, 1 de janeiro de 2006

Portugal - 20 anos na União Europeia

Hoje, 1 de Janeiro de 2006, celebra-se o 20º aniversário das adesões de Portugal e Espanha à então vulgarmente designada CEE, mas que, na realidade, tinha a sigla oficial de CE, significando Comunidade Europeia ou Comunidades Europeias, que reunia a Comunidade Económica Europeia (a tal CEE), a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA) e a Comunidade da Energia Atómica (Euratom). Apenas com o Tratado de Maastricht, que entrou em vigor no final de 1993, a Comunidade Europeia mudou de nome, passando a denominar-se União Europeia, cuja sigla é UE.
O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, considera que as adesões à UE de Portugal e Espanha, há 20 anos, e da Grécia, há 25, tornaram a Europa comunitária «mais forte» e abriram «novas perspectivas na África e na América Latina», ajudando também a «consolidar a democracia e a promover o processo de reformas nesses países», acrescentou.
Durão Barroso apontou ainda a entrada destes três países como um exemplo a seguir e elogiou o «apoio sem falhas» que têm dado aos alargamentos que se seguiram, principalmente ao último que teve lugar em 2004, com a entrada de dez países da Europa Central e Oriental.
«A Grécia, Espanha e Portugal, tal como o resto da Europa, enfrentam novos desafios. Devem em permanência adaptar-se e levar a cabo reformas consentâneas com o séc. XXI, que lhes permitam aproveitar plenamente os benefícios da globalização», advertiu ainda o presidente da Comissão Europeia.
A Grécia entrou na Comunidade em 1981 e Portugal e Espanha a 01 de Janeiro de 1986, juntando-se assim à Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Alemanha, França e Itália, Dinamarca, Irlanda e Reino Unido.
A UE conta actualmente com 25 Estados-membros e a Roménia e a Bulgária deverão aderir em 2007.
fonte: Portugal Diário (1/1/2006)

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.